casa / Religião / Dom Darci Nicioli é nomeado arcebispo de Diamantina (MG)

Dom Darci Nicioli é nomeado arcebispo de Diamantina (MG)

darciO Missionário Redentorista Dom Darci Nicioli foi nomeado arcebispo de Diamantina, em Minas Gerais, nesta quarta-feira (09). O anúncio foi feito por meio do boletim oficial da Santa Sé e motivado pelo pedido de renúncia de Dom João Bosco Óliver de Faria, depois de completar 75 anos. Dom João dedicou 29 anos ao povo diamantinense e completará em outubro 77 anos. Dom Darci Nicioli assumiu como bispo auxiliar de Aparecida em 2013, depois de sua ordenação em 03 de fevereiro do mesmo ano. Atualmente é também o presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação.

O superior da Província Redentorista de São Paulo, padre Rogério Gomes, C.Ss.R. saudou a nomeação em carta dirigida ao novo arcebispo de Diamantina:

“Com júbilo recebi, neste dia 09 de março de 2016, memória de Santa Francisca Romana, Religiosa, o anúncio de sua nomeação para o Arcebispado de Diamantina-MG. Em nome da União dos Redentoristas do Brasil (URB) e da Província de São Paulo, desejo-lhe um ministério fecundo e que a luz do Senhor brilhe em sua vida e ministério episcopal”, celebrou. [Leia abaixo a carta na íntegra]

O cardeal arcebispo de Aparecida, Dom Raymundo Damasceno, em nota oficial expressou o seu sentimento com a nomeação de Dom Darci:

“Estou certo que a Arquidiocese de Diamantina receberá um Pastor dinâmico, competente e, sobretudo, zeloso. Ao partir para sua nova missão, Dom Darci José deixará um sentimento de grande saudade em todos que com ele conviveram e trabalharam. Estou, porém, feliz por antever a rica contribuição que ele, por certo, prestará ao Reino de Deus na Arquidiocese de Diamantina”, disse.

A Arquidiocese de Diamantina foi criada pelo Papa Beato Pio IX, no dia 06 de junho de 1854, tendo sido desmembrada da Arquidiocese de São Salvador na Bahia, e da Arquidiocese de Mariana-MG. Foi elevada a Arquidiocese em 28 de junho de 1917, pelo Papa Bento XV.

A arquidiocese hoje é dividida em 06 foranias, onde estão espalhadas as suas 55 paróquias, atendidas por cerca de 83 padres. Entre as cidades, paróquias e igrejas que estão no território da arquidiocese, está o Santuário São Geraldo de Curvelo, atendido pastoralmente pelos confrades redentoristas da Província do Rio de Janeiro.

Dom Darci tomará posse na Arquidiocese de Diamantina no dia 22 de maio próximo, às 15h30, na Catedral Metropolitana. 

 

Biografia de Dom Darci Nicioli 

Darci José Nicioli nasceu no dia 1º de maio de 1959, em Jacutinga (MG), membro de uma família de mais 4 irmãos. São seus pais: Darci Sebastião Nicioli e Maria Ricetto Nicioli. Ele foi batizado no dia 14 de junho de 1959, na paróquia de Santo Antônio, em Jacutinga (MG).

Em 1971, ingressou no Seminário Redentorista Santo Afonso, em Aparecida (SP) onde cursou o Ensino Médio. De 1978 a 1980, fez o Curso de Filosofia, na PUC de Campinas (SP).

Em 1981, fez o seu ano de Noviciado em São João da Boa Vista (SP), professando na Congregação Redentorista, no dia 31 de janeiro de 1982. Nesse mesmo ano iniciou o Curso de Teologia no Instituto Teológico São Paulo, ITESP, residindo na Comunidade do Alfonsianum, localizada no bairro do Ipiranga, em São Paulo, exercendo seu trabalho apostólico na Comunidade do Jardim Oratório, em Mauá (SP).

Foi ordenado Diácono a 25 de agosto de 1985, em Mauá (SP) na comunidade do Jardim Oratório, no Centro Comunitário Rainha dos Mártires, por Dom Cláudio Hummes OFM, Bispo de Santo André (SP). Sua Ordenação Sacerdotal aconteceu no dia 08 de março de 1986, na Paróquia Santo Antônio, em Jacutinga (MG), sua terra natal. O bispo ordenante foi Dom Pedro Fré, C.Ss.R, Bispo de Corumbá (MS). No mesmo ano, com poucos meses de ordenado, seguiu para Roma, onde obteve o Mestrado em Teologia Dogmática e Especialização em Teologia Sacramentaria, pelo Pontifício Ateneu Santo Anselmo, entre 1986 e 1989.

Depois da ordenação, ao voltar para o Brasil, residiu nas seguintes comunidades redentoristas:

De 1989 a 1990, residiu na Comunidade Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, no Jardim Paulistano, em São Paulo exercendo os serviços de Vigário Paroquial e professor no ITESP, Instituto Teológico de São Paulo.

De 1990 a 1995 viveu em Campinas (SP) exercendo os ofícios de Vigário Paroquial, Formador e Professor no ITESP e na PUC;

De 1996 a 2005 transferido para Aparecida (SP), residiu na comunidade do Santuário Nacional, assumindo o encargo de Ecônomo do Santuário, criando nesta época a Campanha dos Devotos, trabalhando em parceria com o Cardeal Dom Aloísio Lorscheider.

Depois, de 2005 a 2008 transferido para Roma exerceu o ofício de Superior da Casa Santo Afonso e Reitor da Igreja Santo Afonso, onde se cultua o ícone original de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.

Em 2009, retornou ao Brasil, sendo nomeado Superior da Comunidade religiosa e Reitor do Santuário de Aparecida.

No ano de 2011, foi nomeado Vice-postulador da Causa de beatificação do Servo de Deus, Pe. Vitor Coelho de Almeida.

A 14 de novembro de 2012, foi nomeado pelo Papa Bento XVI Bispo Auxiliar da Arquidiocese de Aparecida. E agora, depois de 04 anos incompleto de episcopado recebe o ofício de Arcebispo de Diamantina-MG.

Além disso, verifique

gruo

Jovens de Capela Nova Participam de Jubileu em Mariana-MG

A Pastoral da Juventude de Capela Nova que participou juntamente, com jovens de toda região do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

}
CAPELANEWS - A Região Interligada com você! - Copyright © 2010 - 2016 / Fundado em 01 de julho de 2010 - 06 anos no AR